Início » Polícia Civil prende dois suspeitos por tráfico de drogas, receptação e posse ilegal de munição em Araguaína
Plantão Policial

Polícia Civil prende dois suspeitos por tráfico de drogas, receptação e posse ilegal de munição em Araguaína

A Polícia Civil do Tocantins, por intermédio da Delegacia Estadual de Investigações Criminais (DEIC), Núcleo Norte, deflagrou na tarde desta sexta-feira (26), em Araguaína, uma operação de combate à criminalidade, que resultou na desarticulação de um ponto de venda de entorpecentes e nas prisões de duas pessoas suspeitas de tráfico de drogas, receptação e posse ilegal de munição e associação criminosa.

De acordo com o delegado José Anchieta de Menezes Filho, responsável pelo caso, a ação foi deflagrada depois que a Delegacia Especializada recebeu várias denúncias anônimas de que em residência, no setor Monte Sinai, em Araguaína, estaria ocorrendo o tráfico de substâncias entorpecentes. Com base nas informações recebidas, os agentes da DEIC-NORTE, passaram a monitorar o imóvel e, após vários dias de campana, flagraram, por diversas vezes, uma intensa movimentação de usuários visando à aquisição de drogas.

Desse modo, por volta das 15h desta sexta-feira, os policiais civis adentraram a residência de propriedade de uma mulher de inicias K.S.S, de 22 anos, que juntamente com seu vizinho, de inicias E.R.M, efetuavam o armazenamento de drogas. No momento da ação policial, a mulher percebeu a chegada dos policiais e gritou, permitindo, com isso, que seu marido pulasse o muro da casa e fugisse. Além de porções de drogas já embaladas para venda, os policiais encontraram duas balanças de precisão e dinheiro em espécie oriundo da traficância, bem como uma motocicleta totalmente desmontada e com registro de roubo.

Ainda de acordo com o delegado Anchieta, o casal de vizinhos mantinha parceria no armazenamento e revenda dos entorpecentes. “Os presos já estavam sendo investigados pela DEIC-NORTE, por suspeita de envolvimento com o tráfico de drogas, sendo que a mulher guardava a droga na casa do vizinho e sempre pegava pequenas porções, que eram revendidas em sua própria residência”, disse o delegado.

Diante dos fatos, K.S.S e E.R.M foram autuados em flagrante por tráfico de drogas e associação para o tráfico, sendo que a mulher também foi indiciada pelo crime de receptação de veículo automotor e o homem também responderá criminalmente por posse ilegal de munição.

Após a realização das providências legais cabíveis, a mulher foi recolhida à carceragem da Cadeia Pública Feminina de Babaçulândia. O homem foi encaminhado à Casa de Prisão Provisória de Araguaína (CPPA), onde permanecerá à disposição do Poder Judiciário. (Rogério de Oliveira/Governo do Tocantins)

Clique aqui para enviar um comentário